quinta-feira, 21 de fevereiro de 2008

O Vôo e o Rastejo



Eu acho que fui dessas crianças que transformavam a cama em nave espacial. Lembro-me do meu berço (que tinha um colchão com desenhos da personagem Banzé, de Walt Disney), depois da cama-berço, com seu colchão sem-graça que, mais velho, descobri que podia escrever nele... Eu escrevia - e desenhava - no colchão. Ficava junto a uma parede branca, e nem lembro que idade tinha quando decidi desenhar um Abrahão Lincoln gigante nela. Então, ainda na infância, eu tinha uma cama por nave espacial, um colchão onde escrever e desenhar e um Lincoln como ídolo na parede...

É certo, porém, que as camas não voam. Por mais asas tenham nossa imaginação, elas não voam. Nós, sim, voamos! Voamos para onde nos mandam nossas asas. E nossas asas podem nos manter em céus azuis, cortando nuvens de brancas faldas, ou... podem nos levar a andar de barriga sobre o solo, a tentar atingir os outros, com as garras que imaginamos ter... Quais garras?

Na Wikipédia, mais uma vez, uma criança dessas transviadas nos seus sonhos, volta a atacar. Diz palavrões, como outrora usava de imagens obscenas... Aí revertemos, seguimos adiante, felizes... Felizes por não sermos dessas pessoas que, insuportáveis na vida real, acabam também banidas, na virtual...

5 comentários:

Gessinguer disse...

Hahaha! "Dispensares" foi muito bom! =)
Aderiu de volta a moda dos blogs né? ;)

Béria Lima disse...

Tá aqui o motivo pelo qual achavam que o Pensres era um blog!! rsrs

Ah... antes que esqueca, deixa eu fazer o elogio: Você escreve muito bem, já pensou em ser escritor? Tipo o Arnaldo Jabor e o Nelson Rodrigues?

Eu não tenho paciência pra escrever em blog não... o meu passa mês sem ser atualizado. Mas eu gosto da idéia!

Beijinhos pra vc!

Koehne Talk disse...

Anne... Tu és suspeita pra elogiar, faz parte da "Equipensares" - justamente por ser tão pensante! Bem, bem... depois que saí no Dicionário de Autores Baianos, acho que ando mesmo querendo ser mais escritor... he, he... Quanto a este blog, ele nasceu por recomendação do Jota Morais - na primeira vez em que ele nos apareceu. Tentei ver como era e se dava para fazer algo cá fora com implicações de "lá"... foi um fiasco! Falar de Wiki tem de ser na Wiki. He, he... Quanto a atualizar aqui... sei não se me lembrarei... kkk

Koehne Talk disse...

Guess... eu não "aderi", pois como disse acima, foi mesmo uma tentativa, ainda no ano passado, forçado pelo Jota Morais... Nem eu acreditei muito. Como alguns users andam a dispensares coisas por aqui, vim ocupar meu espaço, de novo...

Princesa disse...

Oi, menino moço.
Está bonzinho?
Espero que sim! ^^
Hmm... Gosto das coisas que escreve. Apenas acho que deveria escrever com mais frequência.
André, é a primeira vez que lhe digo: Obrigada por existir.